Início Saúde Indaial começa a aplicar testes rápidos para identificar Covid-19

Indaial começa a aplicar testes rápidos para identificar Covid-19

Indaial começou a fazer as primeiras aplicações dos testes rápidos para identificar pessoas infectadas por Covid-19. Os exames foram feitos em quatro pacientes e um colaborador do Hospital Beatriz Ramos, conforme avaliação médica. Todos os resultados deram negativo para a doença. Após o descarte, cada pessoa recebeu orientação médica adequada para a síndrome gripal. Todos passam bem.

A aquisição dos testes rápidos é fruto de uma ação conjunta entre Prefeitura, Associação Empresarial de Indaial (Acidi) e Poder Judiciário com o objetivo de proporcionar mais segurança e proteção aos indaialenses. Dos três mil exames, cerca de dois mil testes estão sendo adquiridos pela Prefeitura, 500 são de uma campanha da Acidi e mais 500 são de uma doação de R$ 75 mil do Judiciário da cidade. Eles já foram comprados junto aos fornecedores e chegarão em lotes nas próximas semanas.

Semelhante a um teste de gravidez, o teste rápido é feito a partir de sorologia, ou seja, com uma amostra de sangue do paciente retirada a partir de uma picada no dedo, e, segundo o Ministério da Saúde, ele faz o diagnóstico da infecção ao detectar uma resposta do sistema imunológico ao vírus. Leva entre 10 e 15 minutos para exibir um resultado.

Seguindo os critérios do Ministério da Saúde (MS), a pessoa para ser considerada suspeita de Covid-19 é aquela que apresenta pelo menos dois sinais e sintomas, sendo um deles respiratório, como: febre, falta de ar, tosse, coriza, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal, dispneia, mialgia ou diarreia.

Dos cinco casos avaliados de Indaial, três foram em mulheres e dois, em homens, residentes nos bairros Carijós, Encano do Norte, Encano Baixo, João Paulo II e Sol. Quanto a faixa etária, dois tinham entre 70 a 79 anos, dois com idade entre 50 e 59 anos e um entre 30 e 39 anos. Em seus históricos de saúde, eles apresentaram ao menos uma dessas comorbidades: doenças cardiovasculares ou respiratórias, diabetes e hipertensão. Os sintomas mais frequentes observados foram falta de ar, febre, tosse e dispneia.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Queima de madeira provoca incêndio em vegetação em Blumenau

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 18h deste sábado (30) para combater um incêndio em vegetação, em Blumenau. O...

Após denúncias, jovem é preso com crack, maconha e R$ 700 na Itoupavazinha

A prisão ocorreu no início da noite deste sábado (30) na Rua Botuverá, no bairro Itoupavazinha, em Blumenau, após denúncias à Polícia...

PM acaba com aglomeração de pessoas em estabelecimento no Valparaíso

Tudo aconteceu após denúncias de aglomeração de pessoas na tarde deste sábado (30) em um estabelecimento na Rua Antônio Zendron, no bairro...

Previsão de sol e calor para este domingo em Blumenau

Tempo firme com predomínio de sol em virtude da atuação de uma massa de ar seco em Santa Catarina neste domingo (31)....

Blumenau registra 50 novos casos de coronavírus, chegando a um total de 770

Blumenau registrou neste sábado (30) 50 novos casos de coronavírus, segundo dados oficiais divulgados pela Prefeitura. Com isso, subiu para 770 o...