InícioSaúdeCom 53 casos de Covid-19 confirmados, Blumenau seguirá decreto estadual

Com 53 casos de Covid-19 confirmados, Blumenau seguirá decreto estadual

O prefeito de Blumenau Mário Hildebrandt afirmou que a cidade vai seguir o decreto publicado pelo governador Carlos Moisés no início da noite desta terça-feira (7), que prorroga o período de quarentena por mais cinco dias em território catarinense. Segundo ele, o município acata recomendação do Ministério Público, que orienta que as cidades sigam o estipulado pelo Governo do Estado.

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, Blumenau é a segunda cidade com o maior número de casos confirmados em Santa Catarina, com 52 pacientes diagnosticados com a Covid-19. A Prefeitura, por sua vez, contabiliza 53 casos – um novo paciente foi diagnosticado nesta terça-feira e ainda não integra os dados estaduais. Trata-se de um idoso com idade superior a 80 anos.

Leia também: Prefeitura de Brusque reabrirá o comércio nesta quarta-feira

Entre os pacientes diagnosticados, 48 se encontram em isolamento domiciliar ou já estão curados. Outros cinco seguem internados, sendo que quatro demandam cuidados intensivos em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e um se encontra na enfermagem.

Cinco pacientes também estão internados em hospitais sob investigação, sendo quatro em leitos de UTI e um em enfermaria. Todos realizaram exames e estão aguardando os resultados dos testes sob monitoramento e acompanhamento médico.

Repasses financeiros

Hildebrandt falou ainda sobre os repasses financeiros para o combate ao coronavírus. Segundo ele, o Governo Federal disponibilizou mais de R$ 1 milhão para a Saúde de Blumenau até o momento. O Governo do Estado, por sua vez, aumentou os valores repassados mensalmente aos hospitais da cidade durante a pandemia do coronavírus.

Segundo o prefeito, os valores dos recursos destinados ao Hospital Santo Antônio aumentaram em 42%, passando de R$ 700 mil para R$ 1 milhão ao mês. Já o Hospital Santa Isabel recebeu um aumento de 33% e também receberá R$ 1 milhão por mês. O Hospital Misericórdia (Vila Itoupava), por sua vez, passará a receber R$ 70 mil ao mês – um aumento de 133%.

Além disso, o Governo do Estado está negociando aumentar a quantidade de leitos de UTI nos principais hospitais da cidade. De acordo com Hildebrandt, a expectativa é que sejam destinados 10 novos leitos ao Hospital Santo Antônio e outros 16 ao Hospital Santa Isabel. Também há negociações para uma parceria com o Hospital Santa Catarina para a aquisição de leitos.

Vacinação contra Influenza

O sistema de agendamento para a vacinação contra o vírus Influenza encontra-se novamente suspenso em Blumenau. Segundo o prefeito, a expectativa é que o mesmo ficasse aberto pelo período de dois, mas todos os agendamentos foram preenchidos em apenas 1h15 – uma média de 20 agendamentos por segundo.

Com isso, o sistema voltou a ser suspenso até que um novo lote de vacinas chegue á cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, não há previsão para que as novas doses sejam disponibilizadas, mas a expectativa é que as mesmas cheguem somente na próxima semana.

Centro de Referência

Outra novidade se dá nos centros de referências instalados para atender casos suspeitos de coronavírus em Blumenau. Segundo o secretário municipal de Saúde Winnetou Krambeck, a unidade da Vila Germânica demonstrou potencial e capacidade para atender toda a demanda e será o único centro de referência aberto na cidade.

Com isso, a unidade sediada na Policlínica de Blumenau irá realizar atendimentos somente até esta quarta-feira (8). Após isso o prédio será fechado para profunda higienização, sendo parcialmente reaberto na próxima semana para realizar atendimentos específicos à comunidade. Os atendimentos em questão serão divulgados em breve pela Secretaria de Saúde.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com