Início Geral Caixa libera aplicativo, site e telefone para cadastro de auxílio de R$...

Caixa libera aplicativo, site e telefone para cadastro de auxílio de R$ 600

Notícia atualizada às 13h08min

Em uma coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (7), no Palácio do Planalto, em Brasília, o Governo Federal e a Caixa divulgaram os canais de atendimento para cadastro de trabalhadores autônomos e informais que receberão o auxílio emergencial. O valor – de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras – será pago por pelo menos três meses para compensar a perda de renda decorrente da pandemia de coronavírus. A expectativa é que em quatro ou cinco dias úteis o benefício possa ser liberado. 

Aplicativo: Caixa | Auxílio Emergencial (disponível para baixar de graça, mesmo que o usuário não crédito no telefone)

Site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Telefone: 111 (disponível para ligações mesmo que o usuário não crédito no telefone)

O que é

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.

O benefício no valor de R$ 600 será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será de R$ 1.200.

Quem estava no Cadastro Único até o dia 20 de março, e que atenda as regras do Programa, receberá sem precisar se cadastrar no site da CAIXA. Quem recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso. Neste período o Bolsa Família ficará suspenso.

As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20 de março, mas que têm direito ao auxílio poderão se cadastrar no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP CAIXA|Auxílio Emergencial.

Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou APP.

Pra quem se destina?

Para ter acesso ao auxílio emergencial, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

Maior de Idade
ser maior de 18 anos de idade
Não ter emprego formal
destinado para trabalhadores autônomos com rendas informais
Não ser beneficiário
não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
Renda familiar
renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
Rendimentos Tributáveis
não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
Exercer as seguintes atividades
exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
Renda média
ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Pagamento

O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal. Para os clientes dos demais bancos, o pagamento será feito a partir do dia 14 deste mês.

O segundo pagamento do benefício de R$ 600 ocorrerá entre 27 e 30 de abril, conforme a data de aniversário dos beneficiários. E a última parcela será paga de 26 a 29 de maio. A ideia é que todo o pagamento do benefício – as três parcelas de R$ 600 – seja feito em cerca de 45 dias, totalizando a liberação R$ 98 bilhões para 54 milhões de pessoas.

Bolsa Família

Os beneficiários do Programa Bolsa Família não precisarão baixar o aplicativo. Segundo Lorenzoni, eles já estão inscritos na base de dados e poderão – entre os dias 16 e 30 – escolher se receberão o Bolsa Família ou a renda básica emergencial, optando pelo valor mais vantajoso.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular

A partir desta sexta-feira (29), os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 – R$ 1,2 mil para mães solteiras – poderão...

Coronavírus: Governo do Estado confirma 131 mortes e 8 mil casos

Cinco novas mortes em decorrência do coronavírus foram confirmadas em Santa Catarina nas últimas 24h, divulgou o Governo do Estado na noite...

Aulas presenciais seguem sem data para retornar, afirma Prefeitura de Blumenau

As aulas presenciais em Blumenau seguem sem prazo definido para retornar, assegurou o prefeito Mário Hildebrandt durante pronunciamento online realizado nesta quinta-feira...

Coronavírus: Blumenau registra 19 casos e ultrapassa a marca dos 700 infectados

Blumenau registrou 19 casos de coronavírus nas últimas 24h, divulgou o prefeito Mário Hildebrandt durante pronunciamento online realizado na noite desta quinta-feira...

Secretário admite prorrogação do auxílio emergencial, mas no valor de R$ 200

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Júnior, admitiu nesta quinta-feira (28) a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, pago a trabalhadores...