InícioTrânsitoParalisação do transporte coletivo desta terça-feira atinge o Terminal da Fonte

Paralisação do transporte coletivo desta terça-feira atinge o Terminal da Fonte

Uma nova paralisação do transporte coletivo ocorre nesta terça-feira (3), em Blumenau, organizada pelo Sindicato dos Empregados (Sindetranscol). Desta vez, o movimento está concentrado no Terminal da Fonte, na Rua Amazonas, no bairro Garcia. Algumas linhas que têm a plataforma como ponto de partida estão prejudicadas.

Não vão sair do local os troncais 11, 12, 15, 17, 30, 31 e 32 e as linhas alimentadoras: Rua Araranguá, Bela Vista, República Argentina, Pedro Krauss Sênior, Rua Zendron, Ribeirão Fresco e Rua Itapuí. De acordo com o Sindetranscol, hoje a paralisação deve seguir até o final do dia, quando pode ocorrer uma nova assembleia da categoria.

De acordo com a Seterb, as linhas com alterações no período da manhã, algumas com apenas parte dos horários afetados, são: 10, 11, 12, 15, 17, 30, 31, 32, 401, 403, 405, 408, 422, 423, 501, 504, 505, 506, 507, 508, 509, 510, 511. O usuário pode acompanhar os horários, em tempo real, pelo aplicativo da BluMob para melhor planejamento.

Atualização

Às 7h, a assessoria de imprensa da Seterb informou que as linhas troncais voltaram a operar normalmente no Terminal da Fonte. Nesta atualização, as seguintes linhas alimentadoras permaneciam afetadas com a greve: 503, 504, 505, 506, 507, 508, 509, 510, 511.

O Sindetranscol deve paralisar apenas 10% do sistema. Uma liminar determina que o sindicato mantenha 90% do total de trabalhadores em atividade. O desrespeito à determinação da Justiça implica em multa diária ao sindicato de R$ 100 mil, com bloqueio judicial imediato do valor da multa na conta da entidade, sem excluir outras medidas.

O comunicado veio pelas redes sociais no final da tarde desta segunda-feira (2). Assim como nas últimas ações realizadas pelo Sindetranscol, não haviam sido divulgados os horários e as linhas que seriam afetadas pela paralisação. A última paralisação ocorreu no dia 26 de fevereiro e durou 11 horas, ou seja, das 3h30min às 14h30min.

A BluMob – empresa concessionária responsável pelo serviço na cidade – ainda não se manifestou sobre a paralisação desta terça-feira (3). A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Seterb) informou nesta manhã que os corredores exclusivos de ônibus, com exceção da Rua Dois de Setembro, estão liberados para a circulação de veículos até às 20h.

Negociação salarial

As paralisações, segundo o Sindetranscol, são motivadas pela falta de avanços na negociação da campanha salarial da categoria, que tem como data-base o dia 1º de novembro. Em novembro do ano passado, os trabalhadores aprovaram a proposta de conciliação feita pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Porém, na época, cobradores e motoristas queriam alterar a cláusula que apontava o reajuste do INPC no vale-alimentação, com aumento maior de 2,55%.

Jamille Cardoso
Jamille Cardoso é jornalista formada pela Univali (Itajaí-SC), com 15 anos de experiência na área. Atuou em assessoria de imprensa, programas de rádio, mas foi ao telejornalismo que dedicou mais tempo (12 anos no total), com passagens por emissoras afiliadas a Globo, Record e SBT. Blumenauense, mãe e repórter da Massa FM Blumenau.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com