InícioGeralHospital Nossa Senhora Perpétuo Socorro, em Gaspar, terá nova direção

Hospital Nossa Senhora Perpétuo Socorro, em Gaspar, terá nova direção

O Hospital Nossa Senhora Perpétuo Socorro, em Gaspar, terá uma nova direção. O Instituto Santé assume a administração da unidade esta semana. Uma coletiva de imprensa acontece nesta terça-feira (10), às 11h, no auditório da Prefeitura, para formalizar o ato e esclarecer todas as dúvidas. A intenção é aprimorar os serviços prestados, principalmente no pronto atendimento.

O novo gestor será o especialista em administração hospitalar, Claudio Marmentini. A Comissão Interventora do hospital continuará à disposição para auxiliar de forma consultiva e fiscalizadora. A administração por parte da entidade não implicará, necessariamente, em alterações no quadro de pessoal. As empresas terceirizadas terão seus contratos também sob a supervisão da nova gestão.

Sobre o Santé

O Hospital de Gaspar é a sétima unidade hospitalar de Santa Catarina que conta com a gestão do Instituto Santé. A empresa possui uma equipe técnica multidisciplinar e especializada no setor saúde, com consultores nas mais diversas áreas como: administração, farmácia bioquímica, contabilidade, direito, medicina, contando ainda com parceiros para execução de cursos ou serviços técnicos.

O Santé também desenvolve programas e cursos voltados a questões técnicas e de gestão de estabelecimentos de saúde, garantindo o conhecimento necessário para a adequada prestação de serviços. Hospitais nas cidades de Campo Alegre, Rio Negrinho, São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Guaraciaba, Guaramirim, e agora Gaspar, fazem parte da lista de unidades com gestão Santé.

Hospital de Gaspar

Desde 2017, o Hospital de Gaspar passou por diversas intervenções. Em maio de 2018, reconquistou sua certificação como entidade filantrópica e desde então passou a receber isenção de impostos e outros benefícios. A Portaria nº 590 do Diário Oficial da União, garantiu o recebimento do alvará sanitário, que o tornou legalizado e possibilitou os novos movimentos políticos e jurídicos, que levaram à certificação de filantropia. A portaria tem duração de três anos.

Mais médicos foram contratados para o pronto atendimento, passando de um plantonista para quatro, sendo dois 24 horas e dois 12 horas presenciais e 12 horas de sobreaviso. Foi implantado um laboratório de análises clínicas e a maternidade foi totalmente reformada através da doação do empresário Osvaldo Schneider. Também foram adquiridos novos equipamentos cirúrgicos. Atualmente, a Prefeitura repassa cerca de R$ 700 mil por mês para o Hospital de Gaspar.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com