InícioGeralFalta de matéria-prima e atraso nas entregas prejudicam distribuição de remédios na...

Falta de matéria-prima e atraso nas entregas prejudicam distribuição de remédios na região

As inúmeras situações e instabilidades do mercado têm afetado o mundo inteiro. Em Indaial, a situação é sentida pela Secretaria Municipal de Saúde, que está com uma lista de remédios em falta por atraso nas entregas dos laboratórios. A principal dificuldade é a matéria-prima, que vem de outros países, inclusive da China e índia. A subida do dólar também é outro agravante, que faz com que as distribuidoras solicitem muitas vezes o reequilíbrio de valores já licitados. Além disso, há outros medicamentos que são enviados pelo Governo Federal e acabam não chegando no prazo determinado.

De acordo com o secretário de Saúde de Indaial, Alexandre Manoel Dalabrida, todas as providências que competem ao município já foram tomadas, inclusive a realização da compra direta de distribuidores para agilizar a aquisição dos medicamentos. “Nosso objetivo é atender a comunidade e suprir as necessidades. Em muitos casos, o município acaba comprando remédios que seriam de responsabilidade do Governo Federal para não interromper os tratamentos ou deixar faltar nas unidades”, disse ele.

Em relação à falta de matéria-prima para a produção dos remédios e os atrasos, a cobrança da Secretaria é constante para que esta situação possa ser sanada. “Estamos cientes desta situação e estamos buscando junto a vários setores envolvidos possibilidades para solucioná-la. Vamos concentrar todos os esforços para melhorar e regularizar o abastecimento de medicamentos na rede SUS do município”, afirmou o secretário.

Confira a lista de remédios que estão em falta nas unidades de saúde de Indaial:

  • A Glibenclamida5mg cpr, o Carbonato de Cálcio500mg + vit. D 200 UI e o Ciclo 21 estão no Centro Integrado de Armazenagem e Distribuição, faltando apenas a distribuição para as unidades de saúde, o que será realizado nesta semana.
  • O anticoncepcional Ciclo 21 é um medicamento, cuja distribuição aos municípios é de responsabilidade do Ministério da Saúde (MS), através do Programa Saúde da Mulher, mas por motivos de atrasos (entrega prevista apenas para início de abril) Indaial, que já tem um orçamento apertadíssimo, fez compra do item justamente para não deixar a população descoberta.
  • Também cabe ao MS a distribuição do anticoncepcional injetável noretisterona+estradiol 50/5mg /ampola (Mesigyna), cujo e-mail recebido do Programa Saúde da Mulher informa que a entrega será realizada entre os dias 3 e 4 de março.
  • Quanto ao AAS 100 mg cpr a empresa que havia ganho a licitação teve sua linha de produção interrompida por problemas com a Anvisa, mas já foi feita a compra direta de outra distribuidora e a mercadoria chega em breve.
  • A fabricação da Losartana está passando por dificuldades desde maio de 2019, quando a Anvisa recolheu a matéria-prima e medicamentos das prateleiras das farmácias com suspeita de contaminação por substâncias com potencial de causar câncer, motivo pelo qual houve solicitação de dilação de prazo na entrega e foi feita uma compra direta com previsão de chegada para logo.
  • O Sulfato Ferroso já foi faturado no laboratório no dia 31 de janeiro de 2020, sendo que a distribuidora prometeu a distribuição assim que recebesse. Também estava com problemas de matéria-prima.
  • A Vitamina A+D já foi faturada parcialmente e chega em breve.
  • A Hidroclorotiazida 25 mg já foi faturada. Chegará na próxima semana.
  • O Metronidazol 250 mg cpr já foi entregue.
  • Sobre o Paracetamol 500 mg cpr falta matéria-prima no laboratório Hipolabor, foi pedido dilação de prazo para o dia 5 de março de 2020. Para suprir a necessidade foi feita compra direta, chegará no início da próxima semana.
  • Furosemida 40 mg foi solicitada dilação de prazo para o mês de março.
  • Propranolol 40 mg cpr falta matéria-prima. A Secretaria aguarda a data de entrega prevista pelo laboratório.
  • Doxicilina 100 mg cpr foi programada a entrega para o dia 5 de março.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com