InícioGeralCoronavírus: Governador afirma que irá manter o isolamento social em SC

Coronavírus: Governador afirma que irá manter o isolamento social em SC

O governador de Santa Catarina Carlos Moisés anunciou, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (25), que o isolamento social segue mantido pelos próximos sete dias em todo o território catarinense. A decisão não acata o apelo do presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento realizado em cadeia nacional na noite desta terça-feira (24).

De acordo com Moisés, o Estado trabalha com o prazo inicial de 15 dias para frear a propagação do vírus. Segundo ele, os números tem ilustrado a eficácia do isolamento, uma vez que o número de casos suspeitos vem apresentando uma redução nos últimos dias, caindo de 410 na segunda-feira (23) para 325 nesta quarta.

O número de casos confirmados, porém, voltou a aumentar e chegou a 122 (12% a mais que o dia anterior). Destes, seis estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de hospitais do estado. Um sétimo paciente recebeu alta da UTI e se encontra internado na enfermaria de um hospital, onde se recupera e aguarda para seguir para o isolamento domiciliar.

Retorno às atividades

Apesar de manter o isolamento social, o governador anunciou que está editando um novo decreto governamental que permitirá a retomada das obras públicas em todo o estado. As obras particulares, por sua vez, seguem suspensas pelos próximos dias.

Além disso, toda a cadeia produtiva está autorizada a operar, incluindo lojas de materiais de construção, que abastecerão as obras públicas. Tais operações, porém, deverão ser realizadas internamente e com portas fechadas, com os atendimentos sendo realizados exclusivamente por tele-entrega e delivery.

A expectativa é que os demais setores da economia possam vir a retomar gradativamente as atividades a partir da próxima semana. Para isso acontecer, é necessário que a população cumpra as determinações e permaneça em isolamento social, de modo que o vírus não venha a se propagar pelo território catarinense.

Casos no Estado

O Governador detalhou ainda o número de casos por cidade. Segundo ele, os pacientes estão sendo catalogados de acordo com o endereço em que residem, e não mais pela cidade onde realizaram o teste ou foram internados. A mudança trouxe impactos na lista, com cidades reduzindo o número de casos confirmados – como Florianópolis.

Além disso, o governador confidenciou que a Secretaria de Estado da Saúde irá verificar quais regiões do estado contam com casos confirmados, realizando assim um mapa com as localidades mais afetadas pelo vírus – bem como a faixa etária mais atingida. Por ora, sabe-se que a grande maioria dos contagiados são idosos, sendo 53% destes mulheres e 47% homens.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com