InícioSaúdeCoronavírus: Blumenau registra 14 casos suspeitos e ainda aguarda resultados

Coronavírus: Blumenau registra 14 casos suspeitos e ainda aguarda resultados

O secretário municipal de Saúde Winnetou Krambeck atualizou na noite desta quarta-feira (18) os números referentes ao novo coronavírus em Blumenau. Segundo ele, a cidade registrou quatro novos casos suspeitos e chegou a 14 no total. Outros dois já foram descartados. Ao contrário do que boatos afirmaram na terça-feira (17), nenhum caso foi confirmado na cidade.

As estatísticas foram divulgadas em entrevista coletiva realizada no Salão Nobre da Prefeitura de Blumenau. Além de Krambeck, o prefeito Mário Hildenbrandt e outros secretários municipais participaram do evento que discutiu o combate ao coronavírus na cidade.

O secretário falou ainda sobre a demora na entrega dos resultados dos exames. Segundo ele, a Prefeitura realizou contato direto com o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Santa Catarina para cobrar explicações. O laboratório, por sua vez, acusou a alta demanda de exames realizados no estado como a causa para a demora e não apresentou prazos para divulgar os resultados.

Enquanto isso, as 14 pessoas sob suspeita de contágio permanecem em isolamento domiciliar e são diariamente acompanhadas por profissionais da Vigilância Epidemiológica. Apesar dos sintomas, ninguém precisou ser internado em unidades hospitalares da cidade.

Decreto de Emergência

Outro assunto discutido foi a assinatura do Decreto Municipal que declara o estado de emergência em Blumenau. A ação segue o estipulado pelo Governo do Estado na noite desta terça-feira (17), em Florianópolis e trata sobre os servidores públicos, facilitação na compra de insumos e contratação de pessoal para atuar no atendimento da saúde. Além disso, prevê que contratos vitais possam ser renovados com maior facilidade.

Além disso, o decreto prevê a suspensão temporária do transporte coletivo municipal e intermunicipal, bem como o fechamento do comércio na cidade. As indústrias, porém, seguem operando – mas a recomendação é que o faça com equipes reduzidas. A medida tem um prazo inicial de sete dias, mas pode vir a ser prorrogada caso necessário.

Centros de referência

O secretário de Saúde falou também sobre a criação de dois centros de referência para atendimentos relacionados à suspeita de coronavírus. Um deles já havia sido divulgado na última entrevista coletiva realizada na terça-feira: a unidade da Pró-Família, localizada na Rua Itapiranga, nas imediações do Parque Ramiro Ruediger, no bairro Velha.

O outro ponto será estabelecido na Policlínica de Blumenau, na Rua 2 de Setembro, no bairro Itoupava Norte. Para isso, todas as consultas eletivas que seriam realizadas no local foram suspensas. O atendimento nos centros referência será iniciado na próxima segunda-feira (23) e deve contar com o auxílio voluntário de cerca de 40 acadêmicos de Medicina da Furb.

Trânsito

Segundo o secretário de Trânsito e Transportes de Blumenau, Eder Boron, o trânsito passará por grandes mudanças nos próximos dias com a suspensão do transporte municipal, intermunicipal e interestadual. Os ônibus param de circular na cidade por volta das 22h45 desta quarta. A Rodoviária também irá cessar suas atividades, porém ainda aguarda por veículos e passageiros que estão em viagem.

Outro tópico abordado pelo secretário foi o fretamento especial, possibilidade utilizada pelas indústrias para o transporte de seus trabalhadores. Segundo ele, o decreto estipulado pelo Governo do Estado não prevê a suspensão deste serviço, de modo que ele se encontra liberado. Boron, porém, solicita cautela e pede que os veículos transitem com poucos passageiros, com janelas abertas e devidamente higienizados.

A Guarda Municipal de Trânsito (GMT) também seguirá atuando normalmente, com vinte guardas em plantão 24 horas. O pátio da Seterb também continuará aberto. Os corredores de ônibus estarão abertos a partir desta quinta – com exceção da Rua 2 de Setembro – e a Área Azul será suspensa. O prazo da “amarelinha” será interrompido, e os usuários terão mais 15 dias para regularização após o fim do decreto.

Prefeitura e Câmara

A Prefeitura de Blumenau também será fechada pelo período inicial de sete dias. Com isso, servidores públicos serão dispensados para trabalharem de casa (home-office). Caso necessário, o cidadão blumenauense deverá usar a internet ou o serviço telefônico para providenciar serviços da Prefeitura. Além disso, as obras públicas serão paralisadas. Já a coleta seletiva continuará acontecendo.

A Câmara dos Vereadores também suspenderá as atividades pelo mesmo período. Segundo o presidente da Casa, Marcelo Lanzarin, os vereadores poderão realizar sessões ordinárias remotas, vindo a apreciar projetos que devem ser analisados em caráter de urgência.

Idosos

Integrantes do principal grupo de risco ao novo coronavírus, os idosos também ganharam destaque na entrevista. O prefeito Mário Hildenbrandt voltou a frisar a importância dos mesmos se manterem isolados e não saírem de suas casas. Além disso, anunciou que a Prefeitura realizará uma antecipação dos benefícios sociais ofertados, que serão levados aos idosos em suas casas.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com