InícioGeralConvênio garante castração de cães e gatos de famílias de baixa renda

Convênio garante castração de cães e gatos de famílias de baixa renda

A Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) de Blumenau assinou nesta sexta-feira (6) um convênio com a Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb) para a execução do Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos no município. Serão beneficiadas as famílias de baixa renda inscritas junto ao Ministério da Cidadania, por meio do Número de Identificação Social (NIS), além das Organizações Não Governamentais (ONGs) e entidades protetoras de animais.

O objetivo da ação é de promover o controle populacional destas espécies, assim como o controle na transmissão de zoonoses. O prazo de vigência do programa é de 12 meses, com o início das castrações previstas para abril deste ano. Além de outras diretrizes, o convênio estipula que os serviços de castração de cães e gatos domésticos sejam realizados pela própria universidade, junto ao Hospital Escola Veterinário, no Campus V da Furb.

Serão realizadas 800 castrações na cidade, sendo que cada família de baixa renda terá direito a no máximo três castrações. Entidades protetoras de animais terão direito a 20 castrações e as ONGs poderão fazer 100 procedimentos. Além do trabalho de levantamento das famílias, entidades e ONGs que poderão ser beneficiadas com os serviços, a Semmas orienta sobre as etapas que devem ser seguidas para ter direito aos serviços.

Etapas

As famílias interessadas, assim como as entidades protetoras de animais e ONGs, deverão fazer cadastramento junto ao site da Prefeitura, na página do Cepread neste link. Com os dados, a Semmas vai elaborar um relatório, que deverá ficar à disposição da Furb, que também fará procedimentos necessários quanto a realização do serviço, dentre eles, a coleta de sangue do animal, por exemplo.

A Prefeitura reforça que todas as castrações deverão ser analisadas e liberadas pela Semmas. Além disso, após a liberação para a castração, o animal deve ser levado para o hospital da Furb, sendo este trabalho de responsabilidade exclusiva dos proprietários. Vale ressaltar também que é necessário que as entidades protetoras bem como as ONGs estejam com a documentação do estabelecimento em dia.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com