InícioGeralCaixa anuncia suspensão dos pagamentos do Financiamento Habitacional

Caixa anuncia suspensão dos pagamentos do Financiamento Habitacional

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que banco vai aumentar o prazo de pagamento das linhas de financiamento, inclusive dos créditos habitacionais. “O objetivo da Caixa é ajudar o Brasil”, afirmou Guimarães durante live da XP no último domingo (22), com a participação dos maiores empresários do país.

Ele garantiu também o anúncio de medidas de impacto para os próximos dias. “Somos o banco dos brasileiros, especialmente dos mais humildes. Nosso papel é social, vamos fazer o máximo que pudermos.”

A Caixa deve injetar dinheiro na economia de forma direta e indireta nos próximos meses e existem recursos disponíveis para isso. “Temos a maior base de capital entre todos os bancos. Vamos garantir capital de giro para as pequenas empresas”, afirmou Guimarães.

Postergação do pagamento dos Financiamento Habitacionais

O presidente da Caixa também anunciou a postergação das linhas de crédito, com pausa nos pagamentos do financiamento habitacional e prorrogação da validade dos laudos de engenharia e da validade das análises de crédito para os clientes pessoa física.

O impacto da crise dessa pandemia na economia vai ser gigantesco, inclusive no mercado imobiliário. Mas a Caixa, está tomando medidas para que os efeitos do Corona Vírus sejam minimizados.

Para construtoras e incorporadoras, Guimarães assegurou a prorrogação de validade dos laudos de engenharia, das análises jurídicas e das análises de credito. A Caixa já havia anunciado na semana passada a abertura de mais de R$ 78 bilhões em linhas de crédito e apoio ao mercado imobiliário.

Pedro Guimarães garantiu que as agências da Caixa trabalharão normalmente, mas com 70% dos seus funcionários em home office, “nenhuma agência ou lotérica irá fechar”.

Casa Própria

Pedro Guimarães dividiu a live com executivos e líderes do mercado financeiro e setor produtivo brasileiro, que expuseram suas preocupações com os rumos da economia durante e após a crise do coronavírus no país.

Para Rubens Menin, CEO da MRV Engenharia, o momento é de união pelo país: “os efeitos econômicos da pandemia podem ser quase tão grandes quanto o problema que ela vai causar na saúde do país”

Diversos setores do empresariado já defendem que a equipe econômica crie um “Plano Marshall” para o país, para que os efeitos da crise sejam minimizados. No setor imobiliário, que movimenta 12% do PIB brasileiro, não se pode deixar morrer o sonho da casa própria.

O Governo promete injetar muito dinheiro na economia para salvar empresas e empregos neste momento em que o coronavírus impacta na vida de todas as pessoas no planeta. O ministro da Economia, Paulo Guedes, assegurou que a taxa básica de juros (Selic) deve ser reduzida ainda mais.

Ainda não sabemos como sairemos dessa crise, mas sabemos que o Brasil não será mais o mesmo após a pandemia da Covid-19.

Mas não podemos parar de sonhar. E se um dos seus sonhos é a Casa Própria acesse ➡ bit.ly/casa-propria-2020

WhatsApp 📲 9.8811.7788
@Torresul_Imobiliaria
CRECI/SC 4218-J

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com