Observadores estão em Blumenau em busca de novos talentos nos Jogos Escolares da Juventude

Publicidade

Observadores terão bastante trabalho até o dia 29. Foto: Ana Patrícia/COB

São 17 treinadores e coordenadores das categorias de base de 12 confederações esportivas que estão em Blumenau.

Eles terão trabalho intenso nas próximas duas semanas, já que o objetivo do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) é estabelecer um modelo para a detecção de talentos e desenvolvimento da base do esporte nacional.

“Provavelmente, parte da equipe brasileira que vai disputar os Jogos Pan-americanos em Santiago no Chile em 2023 e os Jogos Olímpicos de Paris em 2024 está aqui em Blumenau. Temos que pensar sempre à frente”, afirmou o gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito.

Ricardo Prado é responsável por observar a natação. Foto: Instagram

Treinador-chefe do wrestling brasileiro, o cubano Ángel Torres Aldama, e o coordenador de seleções da CBW, Flavio Cabral, são outros dois que já estão em Blumenau.

A modalidade verá a estreia do estilo greco-romano nos Jogos Escolares.

No ano passado, Aldama e Cabral realizaram treinamentos com os professores para ensinar as técnicas da modalidade olímpica do esporte que faltava no programa da maior competição escolar do país.

Na natação, quem estará presente é o medalhista de prata nos Jogos Olímpicos Los Angeles 1984, campeão mundial em 1982 e detentor de sete medalhas em Jogos Pan-americanos, Ricardo Prado, agora diretor de Desenvolvimento da CBDA.

Bruna Rodrigues é responsável pelo basquete. Foto: Basquete Blumenau

Veja a lista completa de Observadores:

  1. Marcus Agostinho (judô): treinador da seleção brasileira feminina sub-18
  2. Douglas Potrich (judô): treinador da seleção brasileira masculina sub-18
  3. Marcelo Theotonio da Silva (judô): gestor das equipes de base da CBJ
  4. Ángel Torres Aldama (wrestling): treinador-chefe da CBW
  5. Flavio Cabral (wrestling): coordenador de seleções da CBW
  6. Bruna Heloisa Rodrigues (basquete): assistente técnica das seleções femininas de base
  7. Lucila Vianna (handebol): assessora técnica da CBHb
  8. Alexandre Moratto: treinador-chefe da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018
  9. Norma Rodrigues (badminton): treinadora da CBBd
  10. Abel Martins da Silva Junior (vôlei): auxiliar técnico da CBV
  11. Luiz Carlos da Silva (vôlei): assistente técnico da CBV
  12. Fernando Fermino (ciclismo): gestor de alto rendimento da CBC
  13. Bruna Akawana Rosa (ginástica rítmica): assistente técnica da seleção brasileira
  14. Edimilson Pinheiro (tênis de mesa): gerente técnico da CBTM
  15. Robson Florentino Xavier (vôlei de praia): treinador das seleções masculinas de base
  16. Marcelo Carvalhaes (vôlei de praia): treinador das seleções femininas de base
  17. Ricardo Prado (natação): diretor de desenvolvimento da CBDA

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: