Juventus na vaga do Barroso na Série A de 2020. BEC discorda e se manifesta.

Publicidade

Foto: FCF

Por Emerson Luis

A Federação Catarinense de Futebol comunicou oficialmente na segunda-feira (14), a desistência do Clube Náutico Almirante Barroso da Série A do Campeonato Catarinense de 2020, tendo em vista a impossibilidade de receber partidas no Estádio Camilo Mussi, em Itajaí. 

O estádio não atende algumas das exigências estabelecidas no Manual de Infraestrutura de Estádios da Federação Catarinense de Futebol, instituído em 2017. 

O campeão da Série B tentou acordo com o Marcílio Dias para jogar no Estádio Hercílio Luz, só que não foi atendido.  

Considerando a decisão e o critério técnico, a FCF confirmou o Grêmio Esportivo Juventus, de Jaraguá do Sul, 3º colocado da Série B deste ano, como o substituto. 

O clube tem até a próxima sexta-feira (18) para garantir a infraestrutura necessária do Estádio João Marcatto. 

Rubens Angelotti, presidente da FCF e Hudson Moura, presidente do Barroso. Foto: FCF

Só que o Blumenau Esporte Clube que segue diretamente envolvido com o futuro da segunda divisão, de imediato, discordou da decisão. 

Para o presidente Carlos Henrique Carneiro da Silva (Zidane), “houve outra precipitação. Isso não tem validade. A Federação não poderia mandar o ofício para o Juventus porque o campeonato ainda não acabou, não está homologado. Diante dessa situação, se revertemos apenas um WO e o BEC ganhar os pontos dos outros sete jogos, terminaríamos em segundo lugar, com acesso garantido. Vamos reverter os WO’s e subir para a primeira divisão. Estou 100% confiante”.   

BEC e FCF travam uma disputa nos bastidores que foi parar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). 

O clube briga para reverter os dois WO’s que tomou por não apresentar os laudos de segurança do Estádio Ervin Blaese, em Indaial (decisão que foi rechaçada pelo Ministério Público), que o excluíram da competição e redundaram no seu rebaixamento. 

Todos os pontos com envolvimento do time foram anulados. 

Dessa forma, o Blumenau acabou rebaixado. 

A batalha nos tribunais parece que não vai terminar tão cedo.   

Por ora, a Federação e os clubes envolvidos, conseguiram derrubar o julgamento no Rio de Janeiro. 

O objetivo é adiar o veredicto o quanto for possível para que o Conselho Técnico da Série A seja realizado sem a suposta presença do Blumenau. 

O clube trabalha com a expectativa que a sentença aconteça no final deste mês. 

O regulamento e a tabela precisam estar prontos 60 dias antes da competição começar, conforme reza o Estatuto do Torcedor.

O Campeonato Catarinense de 2020 deve inciar no dia 22 de janeiro.     

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: