Bluvolei comemora título estadual, mas segue na angústia da confirmação da Superliga

Publicidade

Por Emerson Luis

No último domingo (13), em Chapecó, o time blumenauense se tornou campeão catarinense adulto após vencer Chapecó por 3 x 2 (25/23, 16/25, 25/23, 22/25, 9/15) – o último título estadual foi há oito anos.

No sábado (12), Chapecó superou Jaraguá do Sul enquanto o Bluvolei não precisou entrar em quadra já que o representante de Balneário Camboriú não compareceu.

A equipe se vingou da derrota para o adversário pelo mesmo placar (25/20, 25/23, 22/25, 13/25, 15/9) na final da seletiva da Superliga C, que também foi disputada no Ginásio Ivo Silveira, no começo do mês.

Mais uma coincidência: Chapecó foi o único time que venceu as blumenauenses na 1ª etapa do Campeonato Catarinense.

O duelo que aconteceu no Ginásio da Furb, no final de setembro, foi decidido mais uma vez no tie-break (25/27, 16/25, 25/22, 25/20, 8/15).

Essa tendência de equilíbrio deve se repetir nos Jogos Abertos, de 1 a 10 de novembro, em Pomerode, cidade que será sede da modalidade feminina.

Meninas foram campeãs estaduais, mas vivem expectativa da participação na Superliga B

Um título é importante em qualquer circunstância, impõe respeito, traz credibilidade ao projeto, confiança para o elenco, ressalta acima de tudo o trabalho realizado na base.

Contudo, a comemoração só não é maior e cercada de entusiasmo porque o clube recebeu a informação que a vaga para a Superliga B de 2020 (quando o Bluvolei completará 30 anos), conquistada pelo índice técnico, não está garantida.

Antes, todos viviam apenas a expectativa da confirmação da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), só que essa oficialização não veio. Pior, a notícia recebida pelos dirigentes aumentou a angústia.

Por ora, estão confirmados os campeões de cada grupo: Chapecó, São Bernardo do Campo SP e Sport PE.

“A Confederação Brasileira de Vôlei abriu a quarta vaga para Franca SP, equipe que foi rebaixada para a Superliga C. Eles deveriam jogar essa competição ano que vem, mas a CBV convidou Franca SP para disputar direto a Superliga B. Já pedimos o auxílio da Federação Catarinense de Vôlei que ficou de nos dar uma posição essa semana. A confirmação ou desistência das equipes acontecerá até a próxima sexta-feira (18). Não tem o que fazer, a não ser aguardar”, lamentou, resignado, o vice-presidente e preparador físico do Bluvolei, Ruy Dornelles.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: