Motódromo Tatutiba recebe a remodelada Copa Contestado de Velocross

Publicidade

Foto: Emerson Luis

A competição inicia a temporada com um novo projeto, com nova configuração na sua programação e em todo o formato.

O objetivo dos organizadores é aumentar a visibilidade, credibilidade e agregar valor ao esporte.

Alguns itens de maior impacto:

1º – Categorias que farão parte do campeonato:

Mini Moto- 65cc

Junior- Nacional- 160cc

Nacional 230cc

Intermediária Nacional 230cc

Pró Nacional Força Livre

VX2- VX1- Intermediaria

VX2 Especial

VX3 Especial

VX4 Especial

VX3 Nacional

VX4 Nacional

Elite Nacional

Elite Especial

Foto: Divulgação

2º – Formadas as categorias Elite Nacional e Elite Especial, por isso a nomenclatura “Copa Protork Contestado de Velocross”. O campeonato é aberto para todos os pilotos que tenham pretensão de seguir crescendo e avançando para o profissionalismo.

Nas categorias Elite, os pilotos não pagarão inscrição e ainda terão ajuda de custo nos seguintes valores: 

Elite Nacional:
1º lugar: R$ 1.000 / 2º lugar: R$ 700 / 3º lugar: R$ 500

Elite Especial:
1º lugar: R$ 1.200 / 2º lugar: R$ 800 / 3º lugar: R$ 600

As demais categorias irão receber brindes da empresa patrocinadora, além de troféus do 1º ao 3º colocados e troféus até a 5º posição.

3º – A Copa Contestado será disputada em três etapas, e no final, na entrega de premiação aos campeões, serão sorteadas duas motocicletas TR 125, uma para os pilotos da Elite, outra para as demais categorias.

Haverá também o sorteio de uma bicicleta para os pilotos das categorias Mini/65cc/Junior, além dos troféus e o jantar para os pilotos.

Ao todo serão disponibilizados mais de R$ 50 mil em prêmios.

A região deve contar com mais de 100 pilotos inscritos, 30 pelo menos de Blumenau.

O ingresso para os dois dias (sábado e domingo) no Motódromo Tatutiba, na Itoupava Central, custa R$ 15.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: