Menina de dez meses desperta a solidariedade em Blumenau e região

Publicidade

Ela tem apenas dez meses de idade e já conquistou mais de 10.500 seguidores no Instagram (@ameantonella). Antonella Garcia Cunha Moro ficou conhecida nas redes sociais por sua fofura e por sua história de vida. A menina possui Amiotrofia Muscular Espinhal (AME) – uma doença degenerativa de origem genética – e precisa da ajuda da comunidade para dar continuidade ao tratamento.

A família mora em Blumenau. Os pais da criança são donos de uma farmácia na Vila Itoupava. Mas, neste momento, a menina está no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR). Ela foi até lá para fazer o exame genético, que comprovou a doença, e acabou sendo internada com pneumonia. Por conta da insuficiência respiratória, ela precisa da ajuda de aparelhos para respirar.

A mãe de Antonella, a farmacêutica Evelize Monica Cunha, de 31 anos, contou à equipe do Portal Alexandre José que a intenção dos pais é trazer a menina de volta para casa o quanto antes, mas ainda não há previsão de alta. “Tudo vai depender de como ela vai reagir. Ela não tem força na caixa torácica para respirar sozinha. Essa já é uma das consequências da AME”, afirmou.

A fraqueza da filha foi o que fez os pais desconfiarem de alguma coisa. “Com mais de seis meses, ela não sentava, não sustentava a cabecinha por muito tempo, não tinha muita força”, disse Evelize. Por orientação da pediatra, a família procurou neurologistas e passou a fazer uma bateria de testes. O diagnóstico veio no dia 1º de abril para AME tipo 1. A doença, nos diversos níveis de gravidade, atinge uma a cada 10 mil pessoas.

Para tentar frear o avanço da doença, Antonella terá que tomar um medicamento que custa R$ 364 mil. O médico receitou a aplicação de seis doses no primeiro ano. Isso significa que os pais teriam que desembolsar mais de R$ 2 milhões. Sem condições de arcar com esse custo, a família entrou com um pedido de liminar na Vara da Criança e do Adolescente de Blumenau solicitando a concessão urgente do remédio por tempo indeterminado.

Como ajudar

Enquanto aguarda uma decisão da Justiça, a família e os amigos dos pais de Antonella lançaram uma vaquinha virtual, que já arrecadou pouco mais de R$ 123 mil. Também foram criadas contas em nome da menina, em quatro bancos diferentes, para facilitar as transferências. Além disso, voluntários farão um pedágio no dia 27 de abril (sábado) nos principais pontos de Blumenau.

Banco do Brasil
Agência: 5446-1
Conta corrente: 1805-8
Titular: Antonella Garcia Cunha Moro
CPF: 142.108.179-29

Caixa
Agência: 2374
Operação: 013
Conta poupança: 31803-7
Titular: Antonella Garcia Cunha Moro
CPF: 142.108.179-29

Bradesco
Agência: 1150
Conta poupança: 1000608-2
Titular: Antonella Garcia Cunha Moro
CPF: 142.108.179-29

Viacred
Agência: 0101
Conta: 1041656-0
Titular: Antonella Garcia Cunha Moro
CPF: 142.108.179-29

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: