Bianca Wachholz será homenageada com outdoor em Blumenau

Publicidade

Foto: Bludoor/Divulgação

Em 21 de fevereiro, Bianca Mayara Wachholz, completaria 30 anos de idade. A jovem foi morta em 25 de julho de 2018 na casa da mãe dela, pelo ex-namorado, Everton Balbinott de Souza, com um tiro no rosto.

Em homenagem ao aniversário de Bianca, um outdoor será colocado na Rua 7 de Setembro, no Centro, próximo à Igreja Universal, na terça-feira (19). A família foi presenteada com a ideia pela empresa Bludoor.

Com a frase “Se ele não tivesse te assassinado na frente da tua mãe, estaríamos comemorando os teus 30 anos,” a família tem a intenção de relembrar o caso que chocou Blumenau no ano passado e chamar a atenção da justiça.

“Não podemos esquecer da morte da minha filha. Queremos que o julgamento seja marcado o quanto antes e que o culpado pague pelo que fez,” diz Celso Wahholz, pai de Bianca.

O outdoor ficará disponível durante 15 dias.

Recurso em andamento

Em 8 de novembro do ano passado, a defesa de Everton Balbinott de Souza entrou com um recurso contra a sentença que levará o acusado à júri popular.

O juiz Juliano Rafael Bogo, da 1ª Vara Criminal do Fórum de Blumenau, negou no dia 31 de outubro o pedido de revogação da prisão preventiva do réu.

O processo está no Tribunal de Justiça de Santa Catarina onde será julgado por três desembargadores que analisarão se há elementos, dentro da Lei, que conduziriam Everton ao tribunal do júri.

Relembre o crime

Bianca Mayara Wachholz foi morta no dia 25 de julho, na casa da mãe dela, pelo ex-namorado, Everton Balbinott de Souza. O crime foi testemunhado pela mãe da vítima, Sônia Wachholz. Balbinott não aceitava o fim do relacionamento com Bianca e assassinou ela com um tiro no rosto.

Um dia antes de cometer o homicídio, o suspeito já havia ameaçado a vítima dizendo que a mataria colocando uma arma de fogo em sua cabeça. Bianca, assustada e com medo, foi até a casa dos pais e naquele mesmo dia enviou um áudio pelo WhatsApp a um amigo do casal relatando tudo o que havia acontecido e disse que faria um boletim de ocorrência.

Cerca de uma hora depois, Everton pulou o muro da residência, que fica no bairro Itoupava Central. Bianca disse à mãe que ouviu alguém entrando. Ao abrir a porta da cozinha ela se deparou com o ex-namorado da filha e convidou ele para entrar. Em seguida, Bianca aparece no corredor e pergunta se Balbinott estava armado. No mesmo momento ele saca o revólver e persegue a vítima.

Bianca se desequilibrou e caiu no chão do banheiro. Foi neste momento que Everton para em sua frente e diz, segundo relato da mãe “eu disse que ia te matar!” e faz um único disparo diretamente no rosto de Bianca que morreu na hora. O suspeito fugiu e se apresentou a polícia um dia após cometer o crime.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: