Polícia investiga funcionamento de uma rinha de galo em Blumenau

Publicidade

Dez galos foram apreendidos na propriedade localizada no bairro Testo Salto. Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil pode ter descoberto o local onde funcionava uma rinha de galo, em Blumenau. Depois de mais de um mês de investigações, agentes da 2ª Delegacia, representantes da Polícia Militar Ambiental e um veterinário da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) estiveram no imóvel na manhã desta terça-feira (12).

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa, localizada no bairro Testo Salto. Em um rancho no mesmo terreno, os policiais encontraram dez galos. Os animais eram mantidos em gaiolas e tiveram os esporões cortados – uma prática comum quando os bichos são submetidos às brigas. Eles apresentavam cicatrizes de lesões sofridas anteriormente.

Também foram apreendidos uma seringa e medicamentos, que passarão por perícia. O dono da casa, um homem de 61 anos, chegou a confessar que tinha uma rinha de galo, mas ela teria sido destruída. O suspeito vai responder em liberdade pelo crime de maus tratos, cuja pena é de até um ano de detenção. Os galos serão encaminhados para adoção.

Os animais serão encaminhados para adoção. Foto: Divulgação / Polícia Civil

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: