Desassoreamento do ribeirão Salto do Norte é adiado por instabilidade no solo

Publicidade

Foto: José Carlos Goes/Especial

O desassoreamento que vinha acontecendo na região do ribeirão do Salto do Norte, na Itoupavazinha, foi adiado. O motivo, segundo a prefeitura, é a instabilidade no solo, ou seja, o local está com a terra muito molhada.

Tudo isso, resultado do temporal que atingiu Blumenau no sábado (2) à noite. Por questões de segurança os trabalhos foram suspensos até o início da próxima semana.

De acordo com o secretário de Conservação e Manutenção Urbana, Michael Schneider, novas análises deverão ocorrer ao longo dos próximos dias e os trabalhos serão retomados assim que as condições estiverem adequadas.

“Junto com a Defesa Civil, estamos avaliando a previsão do tempo para os próximos dias. Queremos retomar os serviços com a maior brevidade possível, mas precisamos que o terreno esteja estável”, afirma.

Limpeza do ribeirão na Itoupavazinha

O desassoreamento começou no dia 30 de janeiro. Os trabalhos seguirão pelas ruas Henrique Mette e Berta Mette, já na região da Itoupavazinha. Será feita a limpeza de cerca de dois quilômetros de extensão das margens e do leito do córrego.

Os investimentos na região totalizam aproximadamente R$ 300 mil que, segundo a prefeitura, são pagos via recursos do orçamento do município, já que não houve apoio de outras esferas governamentais.

A previsão é que os trabalhos de desassoreamento leve cerca de 30 dias para ser concluído. A Faema faz o acompanhamento de perto de todo serviço zelando pela preservação da fauna e da flora local.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: