Dois médicos cubanos que atuavam em Gaspar serão substituídos

PUBLICIDADE

Foto: TV Gaspar

*Colaborou Jamille Cardoso.

Após o anúncio do Governo de Cuba, em 14 de novembro, de interromper a participação dos profissionais da saúde no Programa Mais Médicos, a cidade de Gaspar, no Vale do Itajaí, precisou se readequar.

O município tinha contrato com dois médicos que faziam parte do programa. Dr. José Manuel Gonzalez Perez da Estratégia de Saúde da Família, do Bairro Lagoa, e a Dra. MirlenisCala Cervantes, da Estratégia de Saúde da Família Margem Esquerda I.

Os dois serão substituídos por médicos profissionais contratados ACTs a partir desta quarta-feira (21). A medida é provisória até que o Ministério da Saúde faça a reposição.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, os usuários das duas unidades de saúde não serão afetados com a mudança.

Gaspar está com processo seletivo emergencial aberto para Médico Clínico Geral (40 horas e 10 horas) até dia 22 de novembro, quinta-feira. Os detalhes do edital estão neste link: http://bit.ly/2qLgnEy.

SITUAÇÃO NA REGIÃO

Prefeitura de Timbó articula contratação de médicos brasileiros para substituir cubanos

Em decorrência da saída do governo cubano do Programa Mais Médicos, a Prefeitura de Timbó já articula a contratação de médicos brasileiros, residentes na região do Médio Vale, para atender a comunidade. Hoje, há três profissionais cubanos no quadro da Secretaria de Saúde e Assistência Social.

De acordo com a secretária de Saúde, Deise Adriana Nicholleti Mendes, os estrangeiros prestam serviço no Programa Saúde da Família nas unidades dos bairros Imigrantes, Pe. Martinho Stein, Dona Clara e Tiroleses. “Infelizmente teremos alguns transtornos e pedimos a compreensão das famílias”, afirma.

Segundo a assessoria de imprensa, desde o meio dia desta terça-feira (20), os médicos cubanos, por determinação do governo de Cuba, estão proibidos de prestar qualquer tipo de serviço, muito menos assinar documentos ou requisições médicas. Eles devem ficar em casa aguardando segunda ordem.

Para substituir os profissionais, que farão falta no atendimento aos pacientes, a Prefeitura de Timbó busca novos médicos. O Executivo preferiu não dar um prazo para que novos médicos comecem a trabalhar, mas espera preencher essas vagas o mais rápido possível.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Timbó

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: