Recém-nascida engasgada é salva por telefone pelo Corpo de Bombeiros

PUBLICIDADE

Era por volta de 21h30, desta quarta-feira (7), quando a pequena Catarina, com apenas 12 dias de vida acabou se afogando. A mãe, Betina Altini, conta que a bebê havia acabado de mamar e quando ela percebeu, Catarina já estava ficando sem ar.

“Ela começou a ficar roxa, nós tentamos dar uns tapinhas nas costas, mas ela não voltava a respirar. Eu pedi pro meu marido ligar pro Corpo de Bombeiros”, conta Betina.

Everton de Oliveira, o pai, ficou cerca de 7 minutos ao telefone com o atendente do Corpo de Bombeiros, o Sargento Nilson Paultz, que tem mais de 30 anos de serviço. Foi o sargento quem passou as orientações a família de Catarina.

Enquanto a ambulância se deslocava para o bairro Testo Salto, em Blumenau, a pequena Catarina começava a se recuperar. “Eu fui fazendo o que o bombeiro me orientava e percebi que ela começou a respirar novamente”, conta o pai.

O procedimento consiste em colocar o bebê de bruços sobre um dos braços e com uma inclinação de cerca de 45º. Abrir as vias aéreas do bebê e dar tapas nas costas do lactante.

“É preciso manter a calma para transmitir no procedimento corretamente e não deixar a vítima ainda mais nervosa. Quando ela voltou a respirar foi o momento mais feliz. Isso que faz valer a pena nosso trabalho”, conta o Sargento Nilson.

Catarina está em observação na área pediátrica do Hospital Santo Antônio, em Blumenau. Ela foi submetida a exames, mas passa bem.

Fotos Marcos Fernandes

Trotes prejudicam os atendimentos

O Corpo de Bombeiros de Blumenau atendeu neste ano mais de 38 mil ligações. Até esta quinta-feira (8) foram mais de 3 mil trotes. “Muitas vezes ligam e não falam nada, ou ficam falando besteiras e tem muita gente que precisa de atendimento”, relata o Sargento Nilson.

Em situações em que segundos podem fazer a diferença entre a vida e a morte, é fundamental que o trabalho do Corpo de Bombeiros seja levado a sério e os trotes sejam coibidos.

Sargento Nilson, Corpo de Bombeiros, em mais um dia de atendimentos

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: