Duas policiais civis dizem ter sido agredidas por grupo de PMs na Oktoberfest

PUBLICIDADE

Fotos: Divulgação / Polícia Civil

Duas policiais civis, que atuavam na delegacia instalada dentro da Oktoberfest de Blumenau, denunciaram policiais militares por agressão. O fato teria ocorrido na madrugada deste domingo (21), no interior do Parque Vila Germânica, enquanto elas faziam uma investigação. As vítimas sofreram lesões e foram colocadas para fora da festa à força.

No Boletim de Ocorrência (BO), as agentes da Polícia Civil relataram que estavam de serviço, investigando furtos ocorridos na festa. Ao fazer a abordagem de um suspeito, as policiais foram surpreendidas com a chegada de uma guarnição da Polícia Militar. De acordo com o BO, os PMs agiram de forma violenta, com agressões, chutes, uso de tonfa e spray de pimenta.

Ainda segundo o que foi registrado na delegacia, a todo momento as vítimas se identificavam como policiais civis, pois estavam armadas e portavam distintivo da Polícia Civil. Mesmo assim, as duas foram expulsas do parque. As agentes ficaram com as marcas das agressões pelo corpo, nas costas e nos braços, e resolveram registrar tudo o que aconteceu.

O Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina (Sinpol-SC), com apoio da Associação dos Delegados de Polícia, emitiu uma nota de repúdio à forma truculenta e violenta com que policiais militares agiram. O documento foi publicado no site da entidade e fala em dez PMs envolvidos nas agressões à duas policiais civis mulheres, que trabalhavam na Oktoberfest.

A nota diz ainda que “a missão que abarca a função da polícia é defender o cidadão e a sociedade”. O Sinpol-SC afirma ainda que tomará as medidas cabíveis e acompanharão o andamento da investigação para que atos assim não se repitam. O sindicato e a associação prestarão todo o apoio às duas policiais civis, prestando o suporte jurídico e amparo necessário.

Confira as imagens do momento registrado pelas câmeras de videomonitoramento:

A nossa equipe procurou a assessoria de comunicação do 10º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Blumenau, mas o oficial responsável, tenente Nicolas Marques, alegou que o fato está sob responsabilidade do Comando Geral da PM, em Florianópolis. Por telefone, tentamos vários contatos, mas não fomos atendidos. Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que a ocorrência trata-se de uma situação atípica e pontual, que já está sendo apurada pelas duas instituições.

Fotos: Divulgação / Polícia Civil

PUBLICIDADE

 

1 Comentário em Duas policiais civis dizem ter sido agredidas por grupo de PMs na Oktoberfest

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: