Advogado de Blumenau suspeito de integrar facção criminosa é preso

PUBLICIDADE

Foto: PRF/Polícia Civil

Jacob José Coelho Junior, advogado blumenauense, foi preso neste sábado (20) pela Polícia Rodoviária Federal, em Itapema, no litoral catarinense.

Junior é suspeito de integrar uma facção criminosa no Estado. De acordo com o delegado da Divisão de Investigação Criminal, Rodrigo Raitz, o advogado era a ligação entre os detentos que estavam nos presídios e os criminosos em liberdade. Ele, inclusive, é suspeito de levar drogas e celulares para os presos.

O advogado estava foragido desde a última quarta-feira, quando foi realizada em Blumenau a Operação Sintonia, que é a segunda fase da Operação Primordium, que combate o tráfico de drogas e o Primeiro Grupo Catarinense (PGC).

A prisão preventiva do advogado foi decretada pela Justiça. Ele foi localizado com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal.

INVESTIGAÇÕES

Cerca de 60 policiais civis de Blumenau, Brusque e Rio do Sul participam da ação na quarta-feira (17).  Onze suspeitos envolvidos com facções criminosos foram presos. Um deles foi autuado por tráfico de drogas.

Esta foi a segunda fase da operação Primodium, que iniciou em agosto. Na época, 26 pessoas foram presas, suspeitas de fazerem parte da organização criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC), que atuava dentro e fora do Presídio Regional de Blumenau.

PUBLICIDADE

 

1 Comentário em Advogado de Blumenau suspeito de integrar facção criminosa é preso

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: