Detento é condenado a mais de 17 anos de prisão por assassinar colega de cela, em Blumenau

PUBLICIDADE

Fotos: Pamyle Brugnago/Assessoria de Imprensa do TJSC

Felipe Albuquerque Ribeiro foi condenado a 17 anos e seis meses de reclusão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, por matar o colega de cela dentro da Penitenciária Industrial de Blumenau, no Vale do Itajaí.

A sessão do Tribunal do Júri, ocorrida nesta quarta-feira (10), foi presidida pelo juiz da 1ª Vara Criminal da comarca de Blumenau, Juliano Rafael Bogo.

O corpo de jurados considerou o réu culpado de homicídio qualificado por uso de asfixia e por dificultar a defesa da vítima.

Com 25 anos de idade, o acusado já cumpria pena e permanece recolhido na Penitenciária Industrial de Blumenau.

O CRIME

O crime aconteceu no dia 23 de agosto de 2017. O agressor asfixiou o detento Edinho Leite, 34 anos, usando um lençol e estrangulando a vítima até a morte.

Segundo consta nos autos, na noite anterior ao crime os colegas de cela teriam conversado sobre suas vidas, ocasião em que o réu descobriu o envolvimento de Edinho com sua mulher. O relacionamento teria ocorrido enquanto Felipe estava preso.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: