Éverton Balbinott e testemunhas do assassinato de Bianca Wachcholz participarão de audiência

PUBLICIDADE

Foto: Redes Sociais

Às 14h desta terça-feira (18), oito testemunhas do assassinato de Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos de idade, começarão a ser ouvidas pela justiça. Será no Fórum da Comarca de Blumenau, durante a audiência de instrução e julgamento do caso. Everton Balbinott de Souza, de 31 anos, suspeito de ter matado a ex-namorada com um tiro no rosto, também comparecerá à 1ª Vara Criminal do município e poderá, se quiser, dar sua versão do crime ao juiz, Juliano Rafael Bogo.

Na última semana, um novo áudio enviado por testemunhas, Bianca conta detalhes a um amigo em comum do casal, sobre o último fim de semana ao lado de Éverton, do seu ciúme excessivo, o porque foi até a casa dos pais e as ameaças que sofreu na noite anterior ao crime, onde o suspeito planejava o assassinato.
Os advogados contratados pela família de Bianca apresentaram a nova prova ao processo.

“A família buscará entender os reais motivos do crime, do porque dele ter matado a Bianca e da forma cruel como foi na frente da mãe. Esperamos que ele fale e que não permaneça em silêncio,” reforça o advogado, Alexandro Roberto Maba.

RELEMBRE O CRIME

Bianca Mayara Wachholz foi morta no dia 25 de julho, na casa da mãe dela, pelo ex-namorado, Everton Balbinott de Souza. O crime foi testemunhado pela mãe da vítima, Sônia Wachholz. Balbinott não aceitava o fim do relacionamento com Bianca e assassinou ela com um tiro no rosto.

Um dia antes de cometer o homicídio, o suspeito já havia ameaçado a vítima dizendo que a mataria colocando uma arma de fogo em sua cabeça. Bianca, assustada e com medo, foi até a casa dos pais e naquele mesmo dia enviou um áudio pelo WhatsApp a um amigo do casal relatando tudo o que havia acontecido e disse que faria um boletim de ocorrência.

Cerca de uma hora depois, Everton pulou o muro da residência, que fica no bairro Itoupava Central. Bianca disse à mãe que ouviu alguém entrando. Ao abrir a porta da cozinha ela se deparou com o ex-namorado da filha e convidou ele para entrar. Em seguida, Bianca aparece no corredor e pergunta se Balbinott estava armado. No mesmo momento ele saca o revólver e persegue a vítima.

Bianca se desequilibrou e caiu no chão do banheiro. Foi neste momento que Everton para em sua frente e diz, segundo relato da mãe “eu disse que ia te matar!” e faz um único disparo diretamente no rosto de Bianca que morreu na hora. O suspeito fugiu e se apresentou a polícia um dia após cometer o crime.

Everton foi preso no dia 27 de julho quando foi localizado na casa de um parente. Desde então ele está detido no Presídio Regional de Blumenau.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: