Início Destaque Everton é denunciado pelo Ministério Público pelo assassinato de Bianca Mayara Wachholz

Everton é denunciado pelo Ministério Público pelo assassinato de Bianca Mayara Wachholz

Everton Balbinott de Souza, de 31 anos foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina à Justiça, pelo assassinato da ex-namorada, Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos, testemunhado pela mãe da vítima.

O suspeito respondera pelos artigos 121, §2o, incisos I, do Código Penal, e no art. 14 da Lei n. 10.826/03,

Se condenado pelo crime, ele poderá cumprir pena de 12 a 30 anos de reclusão.

O Portal Alexandre José, traz com exclusividade, um novo áudio que uma testemunha apresentou, onde Everton diz a uma amiga através de um aplicativo de comunicação: “É sério (…), eu matei ela, eu dei um tiro na cabeça dela.”

Na última semana, o Portal AlexandreJose.com trouxe com exclusividade um outro áudio enviado pelo suspeito a mesma amiga, onde ele confessava o assassinato da ex-namorada “eu matei a Bianca”, confira abaixo.

Nossa equipe também conversou com os pais da vítima, Sônia e Celso Wachholz. Muito abalados eles contaram como foram os últimos momentos perto da filha. A mãe descreveu com detalhes cada passo do assassino dentro da própria casa. Confira no vídeo abaixo.

Everton Balbinott de Souza, está preso desde sexta-feira (27/7). Na quarta-feira, dia 25, ele assassinou a ex-namorada Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos. Os dois estavam juntos há cerca de um ano e, segundo testemunhas, ele não aceitava a separação.

Os pais de Bianca buscaram assistentes de acusação para auxiliar no caso. A equipe do advogado Alexandro Roberto Maba, explica quais serão os próximos passos. “Agora com o oferecimento da denúncia, iremos requerer nossa habilitação na ação penal, apresentar novas provas e buscar mais qualificadoras para aumentar a pena do acusado. Visto que existem ainda, mais provas contra o acusado e sua conduta.”

De acordo com as investigações, Everton já possuía um Boletim de Ocorrência em 2014 por Violência Doméstica. Conforme o documento, ele teria invadido a casa de uma ex-companheira, que conviveu durante nove anos, com uma arma em mãos. Ele teria ameaçado e, felizmente, a vítima conseguiu fugir. Tudo devidamente comprovado no Inquérito Policial.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Investigações do assalto em Criciúma ganham apoio do Ministério da Justiça

Policiais de Santa Catarina atuam em conjunto em uma grande operação na investigação e buscas dos criminosos que assaltaram uma agência bancária em Criciúma...

Juiz de Blumenau ganha prêmio com sistema simplificado para pagamento de débitos

Um sistema simplificado para pagamento de débitos de pequenos devedores, que desafoga a Justiça e aumenta a arrecadação municipal com menos burocracia, rendeu ao...

Beneficiários nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

A partir desta terça-feira (1), cerca de 3,6 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial nascidos em outubro podem sacar ou transferir os recursos da...

Gastronomia: mais uma receita de sobremesa para o Natal, por Juliana Fraga

Como eu disse na semana passada, estou focada em passar aqui receitas de sobremesas que já fiz ou que costumo fazer e que são...

Anvisa inicia inspeção de fabricação de vacinas na China

Uma equipe de inspetores, designados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), já está na China em missão para vistoriar as empresas Sinovac e Wuxi Biologics,...
    %d blogueiros gostam disto: