InícioGeralCrianças devem ser vacinadas contra poliomelite e sarampo

Crianças devem ser vacinadas contra poliomelite e sarampo

Crianças com mais de um ano e menos de cinco anos de idade devem ser imunizadas contra a poliomelite e o sarampo. A campanha nacional de vacinação começa em todo o país na próxima segunda-feira (06/8). Em Blumenau, as doses estarão disponíveis nos Ambulatórios Gerais (AGs) e postos de saúde com sala de vacina.

A recomendação do Ministério da Saúde é vacinar menores com idade entre um ano a quatro anos, 11 meses e 29 dias. Estima-se que em Blumenau haja 15.490 crianças nessa faixa etária. A meta é imunizar pelo menos 95% do público alvo até o último dia deste mês, quando termina a campanha. O “Dia D” de mobilização está marcado para 18 de agosto.

Durante este período, as famílias devem procurar o AG mais próximo da sua residência ou uma unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF) com sala de vacina. É indispensável apresentar a caderneta de vacinação. Só estão dispensadas da imunização contra o sarampo, as crianças que receberam a vacina tríplice viral a menos de 30 dias. As demais, devem receber a dose.

Sobre as doenças

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir para complicações e causar a morte, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano. Atualmente, o Brasil enfrenta surtos em dois estados: Roraima e Amazonas, além de casos isolados no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pará, Rondônia e São Paulo.

O caso mais recente da doença em Santa Catarina ocorreu em 2013, em Florianópolis. De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Blumenau, o último registro de sarampo em Blumenau foi em 2003, de uma pessoa que contraiu a doença em outro local. Já a poliomelite está erradicada desde 1989, quando ocorreu o último registro no país.

Também chamada de polio, é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. Acomete geralmente os membros inferiores, tendo como principal característica a flacidez muscular. A falta de saneamento, as más condições de moradia e a higiene pessoal precária são fatores que favorecem a transmissão.

Jamille Cardoso
Jamille Cardoso é jornalista formada pela Univali (Itajaí-SC), com 15 anos de experiência na área. Atuou em assessoria de imprensa, programas de rádio, mas foi ao telejornalismo que dedicou mais tempo (12 anos no total), com passagens por emissoras afiliadas a Globo, Record e SBT. Blumenauense, mãe e repórter da Massa FM Blumenau.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com