InícioGeralAgosto Laranja: mês de conscientização da mielomeningocele

Agosto Laranja: mês de conscientização da mielomeningocele

Com a chegada deste novo mês, começa a programação do Agosto Laranja, em Blumenau. O movimento foi instituído por uma lei municipal para dar visibilidade e promover a conscientização da mielomeningocele – uma patologia que afeta um a cada 1.000 bebês nascidos no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde.

O projeto para criação do evento é de autoria do vereador Professor Gilson (PSD), subscrita pelos vereadores Marcos da Rosa (DEM) e Alexandre Mathias (PSDB). O documento foi sancionado em 2017 e assim o mês de agosto tornou-se o símbolo de reflexão sobre a mielomeningocele, também conhecida como espinha bífida aberta.

A iniciativa é considerada uma grande conquista para a Associação de Amigos Pais e Portadores de Mielomeningocele (AAPPM) de Blumenau. A entidade, fundada há 14 anos, presta atendimento a 83 famílias, na sede localizada na Rua Dois de Setembro, 2799, no bairro Itoupava Norte, com serviços de fisioterapia, assistência social, reforço escolar, assessoria jurídica e outros.

Nesta segunda edição do Agosto Laranja, integra a programação o show nacional do cantor Marcelo Nova, da Banda Camisa de Vênus, no próximo sábado (4/8), no Moinho. Parte da renda será revertida a AAPPM. O calendário também prevê ações de conscientização e prevenção à patologia durante o Movimenta Arte e Cultura na Rua, marcado para o dia 11 deste mês.

A mielomeningocele é uma malformação congênita, que afeta os ossos da coluna e a medula espinhal – considerada a segunda maior causa de deficiência motora infantil. Assim como acontece com muitos outros problemas de saúde, esta condição parece resultar de uma combinação de fatores genéticos e ambientais, como histórico familiar e a deficiência de ácido fólico.

Exames de pré-natal podem ajudar no diagnóstico, embora não sejam totalmente precisos. O tratamento exige uma cirurgia de emergência até 48 horas após o nascimento. O procedimento também pode ser feito antes da criança nascer, até a 25ª semana de gestação. Mas não termina por aí. Os cuidados com o bebê devem ser contínuos, pois podem surgir complicações.

Jamille Cardoso
Jamille Cardoso é jornalista formada pela Univali (Itajaí-SC), com 15 anos de experiência na área. Atuou em assessoria de imprensa, programas de rádio, mas foi ao telejornalismo que dedicou mais tempo (12 anos no total), com passagens por emissoras afiliadas a Globo, Record e SBT. Blumenauense, mãe e repórter da Massa FM Blumenau.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com