Morador conta como foi ataque de abelhas no bairro Garcia

PUBLICIDADE

Foto: Especial / Portal Alexandre José

Joel de Oliveira é proprietário de uma residência na Rua Alterosa, no bairro Garcia. A casa foi cenário de uma ocorrência inusitada nesta quinta-feira, 30. Um ataque de abelhas africanas deixou moradores feridos e provocou a morte de um cachorro da raça pitbull.

O morador conta que havia uma colmeia no vão entre as paredes duplas do chalé de madeira. Há meses ele tentava contato com um apicultor para retirá-las do local.

“Elas estavam ali há meses. Inclusive no sábado eu ia com meu irmão falar com outro apicultor para retirá-las. O barulho delas era tão alto que eu nem ficava nesse quarto”, diz o proprietário.

O ataque aconteceu após o morador bater na parede onde estava a colmeia.

“Foi muito rápido. Quando vi elas estavam em cima do meu cachorro. Eu tentei ajudar, mas tive que sair correndo. Eu percebi que se continuasse ali aconteceria uma tragédia ainda maior. Todo mundo começou a correr. Os vizinhos trancaram portas e janelas. Foi o maior desespero”, conta emocionado, lembrando do cachorro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, nunca houve um ataque de abelhas nessas proporções na região. O sargento Airton Schmits recomenda uma série de cuidados para evitar acidentes.

“Assim que uma família de abelhas, vespas ou maribondos se instalar na sua residência ou nas proximidades, procure ajuda de um profissional para retirá-las. Assim como matou um cachorro, um acidente desse pode matar uma criança ou um adulto”, explica Schmits.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: