Início Geral Exército impede a passagem de veículos na Vila Militar

Exército impede a passagem de veículos na Vila Militar

Quem tinha o hábito de passar pela Rua Esmeraldas, no bairro Garcia, em Blumenau, agora deve mudar o trajeto. O trânsito está bloqueado na chamada Vila Militar. Cones e cavaletes impedem a passagem de veículos. O local é vigiado 24 horas por dia por homens do Exército Brasileiro.

Os moradores da via e de ruas vizinhas, como a Paulo Scheidemantel, foram pegos de surpresa. Há cerca de um mês, os militares instalaram os equipamentos nos dois extremos da rua e não deixam circular carros, nem motos. Apenas ciclistas e pedestres têm autorização para passar.

Cerca de 15 famílias teriam sido prejudicadas pela medida, que não foi discutida, nem oficialmente comunicada aos proprietários dos imóveis. Além disso, dezenas de motoristas desavisados vão até o local diariamente e são obrigados a dar a volta na quadra para chegar ao destino.

Foto: Especial / Portal Alexandre José

A decoradora Márcia da Costa dos Passos, que mora na região há mais de 30 anos, enfrenta dificuldades após o fechamento da rua. “Meu atelier é na minha casa. Quando as clientes vêm me visitar, eu mando a localização pelo celular, mas elas se perdem, porque o GPS manda passar pela Vila”, conta Márcia.

Na hora de levar os filhos para a escola, é outro transtorno. O marido de Márcia tem que utilizar a Rua Amazonas e entrar na Rua Capinzal para seguir em direção a Rua Hermann Huscher. “Em horários de pico, perdemos muito tempo. Eu não posso mais entrar na minha casa através dessa rua”, desabafa.

Márcia esteve na Praça do Cidadão e fez uma reclamação formal. Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de Blumenau informou que se trata de uma área militar, de propriedade da União. O Executivo estaria verificando a possibilidade de desapropriar uma parte do terreno para construir uma ponte.

A equipe de reportagem do Portal alexandrejose.com entrou em contato várias vezes com o 23º Batalhão de Infantaria, por telefone e por e-mail, desde a última quinta-feira (19/7), mas ainda não recebeu retorno. A Vila Militar é formada por 17 casas ocupadas por militares do Exército e seus familiares.

Jamille Cardoso -
Jamille Cardoso é jornalista formada pela Univali (Itajaí-SC), com 15 anos de experiência na área. Atuou em assessoria de imprensa, programas de rádio, mas foi ao telejornalismo que dedicou mais tempo (12 anos no total), com passagens por emissoras afiliadas a Globo, Record e SBT. Blumenauense, mãe e repórter da Massa FM Blumenau.

Notícias relacionadas

  1. Bom, se é uma Vila militar e moram somente militares, por qual razão ou motivo que o civil quisessem passar por ali, uma área de segurança, sabendo que em qualquer vila militar ou unidade militar todo e qualquer civil somente é autorizado adentrar mediante autorização, somente em Blumenau que vejo isso! Se não existisse outras vias para o uso, tudo bem, mas há várias outras alternativas na região.

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Denatran oferece função de pagamento de multas por aplicativo

A carteira digital de trânsito (CDT) tem nova função. A partir de agora, é possível acompanhar pela CDT as multas recebidas, bem...

Tribunal Superior do Trabalho determina fim da greve dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu determinar o fim da greve dos funcionários dos Correios e o retorno ao trabalho a partir desta...

Blumenau tem mais 59 casos de Covid-19 nesta segunda-feira

Mais 59 casos de coronavírus foram confirmados em Blumenau nesta segunda-feira (21), divulgou a Secretaria Municipal de Saúde. Ao todo, 12.696 pessoas...

Impeachment: sorteio de desembargadores para o tribunal de julgamento será quarta-feira

Será realizada nesta quarta-feira (23) às 15h, a sessão extraordinária para o sorteio dos cinco desembargadores que integrarão o tribunal especial de julgamento que deliberará...

Alesc: Comissão de Educação vai debater auxílio às escolas privadas

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou, na manhã desta segunda-feira (21), em reunião por videoconferência, requerimento...
    %d blogueiros gostam disto: