Início História Ernesto Paglia e a enchente de julho 1983, por André Bonomini

Ernesto Paglia e a enchente de julho 1983, por André Bonomini

Entre os colegas de jornalismo do Vale, costumo dizer por vezes que “é na enchente que o jornalista da região mostra seu valor”. Não é exagero, nas cheias do Itajaí-Açu é onde o profissional é posto a prova diante da enxurrada de informações necessárias para a instrução de um público na calamidade.

No entanto, muito além daquela notícia “da hora”, a enchente permite outros olhares, alguns verdadeiras histórias entre as águas. E entre as várias histórias vindas de 1983 uma delas vai de encontro a esta ideia. Em meio a série de seis cheias que a cidade vivia, uma equipe de reportagem do Fantástico, tendo a frente o já conhecido Ernesto Paglia, esteve na cidade para retratar o momento de um pós-enchente, buscando entender a persistência do blumenauense diante do caos imperava entre um subir de água e outro.

Foto: Reprodução Youtube

A matéria, publicada no YouTube pelo canal BNU HDTV, usa cases específicos para explicar a tal “agilidade” que Paglia refere-se quanto ao reerguimento da cidade. Exemplos como a Teka e o antigo Restaurante Cavalinho Branco são destaques, além do posto do “seu” Abelardo, na esquina da Rua 7 de Setembro com Rua Floriano Peixoto (atual Posto Juninho), cujas imagens chocantes mostravam as águas próximas do teto.

Mas o que Paglia talvez não esperasse nos dias que estava em Blumenau é que acordaria em meio a outra enchente. Não se sabe se foi coincidência ou se o repórter escondeu o jogo durante os trabalhos como também fica difícil precisar. Segundo o que conta Paglia, a enchente era a nona do ano, mas analisando os dados grosseiramente fica difícil precisar qual é a data exata daquela cheia. Estima-se que que a reportagem data do período entre agosto e setembro de 1983 e ainda viriam mais 14 registros de enchente no mesmo ano.

Fotos: Antigamente em Blumenau

Seja como foi, o material de Paglia é uma das tantas preciosidades “novas” com relação aos olhares sobre a temível enchente, cujo pico de 15,34m seria atingido as 16h do dia 9 de julho. 70 mortos, milhares de desabrigados e histórias de tristeza e superação das mais variadas, como a de Paglia, que você assiste abaixo.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Trecho da BR-470 será interditado nesta quinta-feira no Vale do Itajaí

Um trecho da BR-470 será interditado ao trânsito de veículos nesta quinta-feira (6), no Vale do Itajaí. O fechamento de ambas as pistas ocorrerá...

Covid-19: quarta-feira termina com 3 mortes e 95 novos casos em Blumenau

Blumenau registrou nesta quarta-feira (5) mais três óbitos, somando agora 494 mortes por coronavírus. Entraram para a lista de vítimas um homem de 58...

Durante briga, homem dá golpe de barra de ferro na cabeça do irmão

Uma briga envolvendo dois irmãos deixou uma pessoa ferida nesta quarta-feira (5), em Blumenau. O fato ocorreu por volta das 13h40min, na Rua Bonn,...

Juiz decreta prisão preventiva de jovem que cometeu chacina em Saudades

Notícia atualizada às 21h07minEram quase quatro horas da manhã desta quarta-feira (5) quando os autos de prisão em flagrante do jovem que matou cinco...

Homem fica ferido após cair do telhado de casa na Rua Bahia em Blumenau

Um homem ficou ferido após cair do telhado de uma casa nesta quarta-feira (5), em Blumenau. O acidente ocorreu por volta das 13h45min, na...
error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com