Novo aplicativo de passageiros começará a funcionar em agosto em Blumenau

PUBLICIDADE

Foto: Garupa App / Divulgação

A partir do dia 6 de agosto, o blumenauense poderá contar com um novo aplicativo de transporte de passageiros na cidade. É o Garupa, um app de carona compartilhada que oferece diversos serviços para o deslocamento das pessoas.

O Garupa foi desenvolvido no Rio Grande do Sul e atua tanto na capital Porto Alegre, como nos municípios do interior. Além de proporcionar uma nova opção de deslocamento, o aplicativo tem serviços diferenciados como o Garupa Kids, que já vem adaptado com cadeirinha de acordo com a idade da criança, Garupa Pet, para transportar animais de até 10 quilos, Garupa Objeto, com entrega de itens comprados pela internet, Garupa Executivo e Executivo Kids, carros com mais conforto, como banco de couro, por exemplo.

Os usuários de smartphones podem fazer o download do app tanto para sistema Android, quanto IOS. Para o pagamento, o aplicativo aceita cartão pré-pago, cartão de crédito, dinheiro e até mesmo cheque. O motorista receberá 80% do valor da corrida.

“O grande diferencial do Garupa é a ausência da conhecida dinâmica, ou seja, aquele horário em que há muita demanda e os preços começam a subir. Nossos valores são fixos contando o ponto de partida e chegada, não tendo alterações por conta de uso em excesso em momentos de pico,” informa o sócio operador do Garupa em Blumenau, Fábio Roberto Gervin.

O aplicativo possui sede própria em Blumenau, com escritório localizado na Rua Guilherme Scharf, número 690, no bairro Fidélis. Para início das operações na cidade, o Garupa já conta com 30 motoristas cadastrados.

“Tanto motoristas autônomos, como taxistas, poderão se cadastrar em nosso sistema. Os profissionais interessados deverão baixar o aplicativo e seguir as orientações. O Garupa solicita os antecedentes criminais, dados do veículo e da CNH do condutor,” enfatiza Gervin.

Foto: Especial / Portal Alexandre José

Além do Garupa, outra empresa que trabalha com sistema de transporte de passageiros via aplicativo, também quer atuar em Blumenau. As duas interessadas já procuraram pelo Seterb.

“Estamos abertos a sugestões destas empresas. Os representantes destes aplicativos nos trouxeram casos, como o que acontece em Porto Alegre e Curitiba, onde a legislação municipal já ajuda nesta relação entre empresa e município. Já foi determinado ao setor jurídico da autarquia a realização de um levantamento de todas as normas que já funcionam positivamente em outras cidades, para que assim, possamos regulamentar essa situação também em Blumenau ainda este ano,” informa o diretor-presidente do Seterb, Marcelo Althoff.

“Com escritório em Blumenau toda receita gerada pelo app e os impostos ficarão na cidade, o que ajudará a movimentar a economia local,” conclui o sócio operador do Garupa.

Ainda segundo Althoff, houve uma redução no uso do táxi em Blumenau nos últimos dez anos que varia entre 30% e 40% de queda. “Esse índice demonstra que o táxi tem sim ainda seu papel fundamental no transporte de pessoas na cidade. Precisamos agora agilizar a regulamentação destes novos aplicativos para que todos possam trabalhar de maneira harmoniosa.”

– UBER EM BLUMENAU

O Uber chegou em Blumenau em dezembro de 2016. De lá pra cá, muita coisa mudou. O aplicativo ganhou novos adeptos, tanto de usuários quanto de motoristas interessados em trabalhar com o sistema.

Em março deste ano ocorreu a sanção presidencial da lei que dá aos municípios o poder de regulamentar serviços de transporte por aplicativo como o Uber. Ainda no início de 2018, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara emitiu parecer contrário a um projeto neste sentido apresentado pelo Executivo, sendo que a justificativa era a espera por uma definição federal sobre o tema.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: