Ex-companheiro teria confessado ao pai o homicídio ocorrido em Blumenau

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução / Redes Sociais

O corpo de Bianca Mayara Wachholz, designer de 29 anos, assassinada na quarta-feira (25/7), foi enterrado na tarde desta quinta-feira (26/7). O principal suspeito de ter matado a vítima é seu ex-companheiro, Éverton Balbinott de Souza, de 31 anos de idade, que atuava como Uber. Os policiais ainda estão a procura dele em toda região. Segundo a mãe de Bianca, ele teria invadido a residência onde elas moravam e disparado com uma arma de fogo no rosto dela.

O casal estava junto há um ano e Bianca pediu o término do relacionamento há cerca de um mês. Por conta disso, a vítima vinha recebendo ameaças do ex-namorado. Amigos contaram que ela sofria com agressões desde o início do namoro.

“Até o momento o pai do suspeito foi ouvido e ele confirmou o desentendimento entre o casal. Por não aceitar o término, Éverton confessou ao próprio pai que teria matado Bianca e iria fugir,” explica o delegado Bruno Effori, responsável pela divisão de homicídios da DIC da Polícia Civil de Blumenau. O caso agora será encaminhado para a Delegacia de Proteção à Mulher, à Criança e ao Adolescente, de Blumenau.

Qualquer informação sobre o suspeito pode ser denunciada através dos telefones 190 e 181.

VEJA TAMBÉM

Amigos farão vigília em homenagem a vítima de feminicídio em Blumenau.

PUBLICIDADE

 

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Suspeito de matar ex-namorada se apresenta na Central de Polícia – ALEXANDRE JOSÉ

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: