Continua foragido o suspeito de matar ex-companheira em Blumenau

PUBLICIDADE

Foto: Redes Sociais

Amigos e familiares comparecem durante a manhã desta quinta-feira (26/7) ao velório de Bianca Mayara Wachholz, no Cemitério e Crematório São José, no Centro de Blumenau. A desginer de moda foi assassinada pelo ex-companheiro na tarde de ontem, no bairro Itoupava Central. O suspeito, Éverton Balbinott de Souza, de 31 anos de idade, que atuava como Uber, teria deixado o local em um automóvel e ainda continua foragido.

De acordo com vizinhos, o casal estava junto há um ano e Bianca pediu o término do relacionamento há cerca de um mês. Por conta disso, a vítima vinha recebendo ameaças do ex-companheiro. Amigos contaram que ela sofria com agressões desde o início do namoro.

Uma amiga, que não quis se identificar, diz estar apreensiva, já que os policiais ainda não localizaram o suspeito. “Estamos com o coração partido e dilacerado. Mais uma mulher empoderada é vítima de feminicídio. Estamos com medo, afinal ele está solto e foi capaz de atirar no meio do rosto dela, olhando para os olhos de Bianca. Ele tem que ser preso imediatamente. O que ele fez não tem desculpa, não tem justificativa. Agora uma família inteira está destruída,” conta.

Qualquer informação sobre o suspeito pode ser denunciada através dos telefones 190 e 181.

PUBLICIDADE

 

1 Comentário em Continua foragido o suspeito de matar ex-companheira em Blumenau

  1. Qualquer crime contra a vida tem que ser punida imediatamente, Lei Penal é exercida precária diante violência contra a finalidade de uma vida.
    Para quaisquer crime contra a vida principalmente por arma de fogo que exerce uma covardia pois a vitima fica sem defesa, punição máxima…..

    Leandro

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Amigos farão vigília em homenagem a vítima de feminicídio em Blumenau – ALEXANDRE JOSÉ

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: