Entidades de Blumenau querem barrar o aumento da energia elétrica

PUBLICIDADE

Foto: Cristiane Soethe

As entidades empresariais de Blumenau que formam o G6 decidiram enviar a todos deputados e senadores por Santa Catarina um documento criticando a aprovação do projeto de lei que destrava a venda das distribuidoras da Eletrobrás, fazendo com que a conta de luz a todos os brasileiros aumente entre 4% e 5% em 2019.

O grupo solicita que a bancada catarinense federal se mobilize para não permitir esse acréscimo na tarifa, autorizado pelo PL 10.332/2018. O manifesto é assinado por representantes da Acib, CDL, Ampe, OAB Blumenau, Conselho de Desenvolvimento da Itoupava Central (Codeic), Intersidical Patronal e Fiesc Regional Vale do Itajaí.

“Não podemos aceitar que uma das emendas colocadas no texto aprovado pela Câmara transfira a conta das subsidiárias da região Norte com furtos de energia, conhecidos como “gatos” a todos os consumidores no Brasil. As distribuidoras que façam a verificação e punam os infratores. Não é justo que os bons paguem pelos maus”, aponta o ofício.

Foto: Cristiane Soethe

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: