Futebol na Netflix, por Emerson Luis

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução Netflix.

MENU
Além de filmes e séries, a Netflix oferece uma grande variedade de documentários relacionados ao esporte e ao futebol. Entre eles, evidentemente está “A História Oficial da Copa do Mundo”. Gostei, mas tem melhores.

PRESSÃO
Exemplo: “Bleus- Une Outre Historie”. Um baita retrato dos 20 anos (1996 a 2016) da seleção, cujos altos e baixos espelharam a sociedade francesa..

CONSEQUÊNCIAS
Aproveito o gancho pra indicar “13 de novembro – Terror em Paris” e “Je Suis Charlie – Atentado ao Charlie Hebdo”. Tem tudo a ver com esse caldeirão cultural, étnico e racial que é a França e que naturalmente tem interferência no futebol.

PRECONCEITO
Ainda nessa linha, é preciso assistir “Le K Benzema”, a história de Karim Benzema, atacante do Real Madrid, excluído das últimas convocações por conta de um escândalo e sobretudo por sua descendência argelina.

AÇÃO
E não posso deixar de citar “Bola no Asfalto” que retrata as peladas nas ruas da França, especificamente em Paris. Peladas que são jogadas em quadras de grama sintética, de concreto e asfalto, construídas pelo governo nos bairros e em grandes condomínios, que viraram febre.

REAÇÃO
A procura é tanta que se transformou em disputadíssimos campeonatos (com o apoio da Nike) que influenciaram o desenvolvimento, a habilidade, a técnica de jogadores profissionais que hoje defendem grandes clubes da Europa e até mesmo a seleção.

PRÁTICA
A tese de que somos “o país do futebol” está ultrapassada há um bom tempo. O Brasil ainda é o único pentacampeão mundial, nossa matéria-prima é diferenciada, mas a intimidade com bola desde cedo, a paixão dos torcedores deles é tão ou maior do que a nossa. A diferença está na organização e planejamento.

CHARLES MILLER
Importante nesse contexto geral destacar onde tudo começou. “Premier League – Legends” e “The Mavericks” são dois registros bem bacanas sobre a força do futebol inglês e seus grandes ídolos.

INSENSATEZ
Muitas vezes essa paixão se transforma em fúria, em cegueira, em violência. É aí que entra “The Real Football Factories” com o submundo dos hooligans.

SÍMBOLO
“Juventus, Prima Squadra” estreou essa onda de películas sobre o futebol na Netflix. Momento oportuno com a ida de Cristiano Ronaldo para a Juve, uma potência.

MITOS
Temos ainda “Boca Juniors 3D – The Movie”, com takes bem bacanas sobre La Bambonera e o peso da camisa argentina, ”Campeão Impossível” sobre o título dos hermanos na Copa do México em 1986, a genialidade de Maradona, e “Becoming Zlatan Ibrahimovic”. Antes de chamar Neymar de mala, analise a personalidade do sueco.

GÊNIO
Tem muita coisa boa ainda sobre outros esportes. Na fórmula 1, o inigualável “Senna, o brasileiro, o herói, o campeão” e “Williams”. Esse em especial chamou muito a minha atenção. Denso.

SOTURNO
Frank era um gênio na preparação dos carros, mesmo depois da tragédia que o confinou a uma cadeira de rodas. A morte de Senna deixou o inglês ainda mais introspectivo.

SEMIDEUS
E a última dica é o filme sobre a vida de Usain Bolt. O jamaicano ganhou tudo, perdeu o tesão, foi pra farra, se aposentou (estava fora das Olimpíadas de 2016), sofreu demais com as lesões na carreira e só retornou depois de uma provocação do norte americano Justin Gatlin. Na prova dos 100 m, Bolt foi ouro no Rio. Gatlin, prata.

Com as informações do esporte, Emerson Luis.

Anúncios

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: